Ciência

Covid-19: Para onde vão as máscaras usadas em Cabo Verde ?

Áudio 05:57
Palácio da Cultura Ildo Lobo, Praia, Cabo Verde. 16 de Abril de 2021.
Palácio da Cultura Ildo Lobo, Praia, Cabo Verde. 16 de Abril de 2021. © Carina Branco/RFI

As máscaras cirúrgicas a que nos habituámos por causa da pandemia de covid-19 demoram mais de 200 anos a decompor-se. O risco é criar novos cemitérios de lixo no fundo do mar, avisa o ambientalista César Freitas que tem lutado, no terreno e nas redes sociais, contra o que considera um dos maiores problemas de Cabo Verde: o lixo. O também administrador da página Facebook do Movimento Contra a Poluição em Cabo Verde constata, ainda assim, que os comportamentos começam a mudar.

Publicidade

Ciência: Para onde vão as máscaras?

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI