Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Francisco Vidal junta colectivo artístico na luta contra o racismo

Áudio 18:03
T-shirts criadas pelo artista Francisco Vidal, a lembrar o actor Bruno Candé
T-shirts criadas pelo artista Francisco Vidal, a lembrar o actor Bruno Candé © Francisco Vidal
Por: Lígia ANJOS
20 min

Durante a performance artística intitulada ´MAKA – Momento de Arte e Kultura Africana de Lisboa´, ao abrigo da ´Oficina Iminente´ em Monsanto, o artista Plástico Francisco Vidal prestou homenagem a Bruno Candé Marques, actor de 39 anos assassinado a 25 de Julho em Moscavide.

Publicidade

O pintor e escultor lançou uma acção artística inédita e humanista ao criar noventa e nove t-shirt’s com serigrafias únicas cujo o valor é destinado à Família de Brunno Candé.

Esta semana quadro do programa “Palavras contra o Racismo”, a Fundação José Saramago, inaugurou uma placa toponímica simbólica com a Rua Bruno Candé no espaço da fundação.

O pintor, escultor ou ainda artista visual Francisco Vidal faz parte de um colectivo de artistas que tem vindo a trabalhar em torno da palavra racismo.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.