Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Fernando Campos: «Abstenção deverá ser a grande vencedora na Venezuela»

Áudio 08:35
As eleições legislativas na Venezuela decorrem a 6 de Dezembro.
As eleições legislativas na Venezuela decorrem a 6 de Dezembro. © AFP/File
Por: Marco Martins
20 min

As eleições legislativas na Venezuela decorrem no próximo domingo, 6 de Dezembro, num ambiente de alguma tensão entre o regime no poder e os partidos da oposição.

Publicidade

A grande maioria da oposição, 27 partidos, apelou ao boicote, não vai participar nas eleições, e pede à comunidade internacional para não reconhecer os resultados.

A campanha eleitoral encerrou na quinta-feira, 3 de Dezembro, com manifestações do Partido Socialista Unificado na Venezuela, o partido no poder.

O objectivo deste sufrágio para o partido do presidente Nicolás Maduro é tomar posse da Assembleia Nacional, instituição que ainda não controla.

Recorde-se que em 2015, a oposição venceu as eleições legislativas, no entanto decidiu não marcar presença denunciando, por exemplo, a exclusão de certos candidatos.

Uma dezena de partidos da oposição opta por participar no escrutínio, na esperança de poder vir a negociar com o partido no poder um levantamento das sanções norte-americanas que agravam a crise económica e social na Venezuela.

Para Fernando Campos, Conselheiro das Comunidades Portuguesas na Venezuela e que vive há mais de 40 anos no país, o grande vencedor destas eleições será a abstenção. Fernando Campos afirma, aliás, que estas eleições estão a passar completamente ao lado dos venezuelanos. O único interesse reside apenas na tomada de posse da Assembleia Nacional pelo partido no poder.

As eleições legislativas na Venezuela decorrem a 6 de Dezembro.

CONVIDADO 04-12-2020

Caracas, capital da Venezuela. Imagem de Ilustração.
Caracas, capital da Venezuela. Imagem de Ilustração. © AP - Matias Delacroix

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.