Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Trump pode ser demitido "se for provada a tentativa de golpe"

Áudio 09:10
Donald Trump, Presidente cessante dos Estados Unidos, alvo de um segundo impeachment.
Donald Trump, Presidente cessante dos Estados Unidos, alvo de um segundo impeachment. WIN MCNAMEE GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP
11 min

Nos Estados Unidos, os democratas estão prestes a iniciar um segundo impeachment que pode impedir Donald Trump de voltar a candidatar-se a cargos públicos no futuro. Em declarações à imprensa, o Presidente cessante disse que o segundo impeachment é " a continuação da maior caça às bruxas na história política do país".

Publicidade

Em entrevista à RFI, o sociólogo Boaventura Sousa Santos reage à possibilidade deste impeachment ser aprovado pelo Senado e afirma que Donald Trump pode vir a ser demitido se os Serviços Secretos conseguirem provar que houve uma tentativa de golpe durante o assalto ao Capitólio.

"Se os serviços secretos e o serviço de departamento de Justiça derem aos congressistas norte-americanos alguma informação, no sentido de que houve uma tentativa real de golpe (...) se for provado que havia um plano, eu tenho a certeza que  vão conseguir que os republicanos se virem contra o seu chefe [Donald Trump]", argumenta.

A poucos dias da tomada de posse de Joe Biden, 20 de Janeiro, um documento do FBI avança que apoiantes de Donald Trump estariam a projectar manifestações armados nos 50 estados. A polícia já veio anunciar um reforço do efectivo no país. Boaventura Sousa Santos acredita que as medidas de segurança vão ser "inequívocas", lembrando que Joe Biden "já tem mais condições de segurança".

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.