Convidado

Covid-19: Os desafios do jornalismo em Portugal

Áudio 08:45
Presidente português reeleito este domingo à saída do discurso de vitória na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.
Presidente português reeleito este domingo à saída do discurso de vitória na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. LUSA - MÁRIO CRUZ
Por: Lígia ANJOS
10 min

As limitações impostas pelo combate à Covid-19 criaram um novo formato nas campanhas presidenciais portuguesas. A cobertura dos meios de comunicação também se adaptou ao novo contexto sanitário.

Publicidade

A presidente da Direcção do Sindicato dos Jornalistas considera redutora a análise de que os meios de comunicação portugueses transformaram um candidato no centro das atenções. Sofia Branco lembra que os jornalistas devem reflectir sobre uma linha de orientação para cobrir o partido extremista.

"Os candidatos presidenciais tiveram poucas acções, com menor mobilidade, contaram muito com a comunicação social para disseminar o seu discurso. O papel dos media tradicionais foi altamente reforçado. Os meios de comunicação tiveram que se adaptar a outro tipo de agenda porque houve candidatos que não fizeram praticamente campanha", lembra a presidente da Direcção do Sindicato dos Jornalistas.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI