Convidado

Estados Unidos marcam o seu regresso ao Acordo de Paris

Áudio 11:17
Presidente americano Joe Biden durante a cimeira virtual sobre o clima nesta quinta-feira 22 de Abril em Washington.
Presidente americano Joe Biden durante a cimeira virtual sobre o clima nesta quinta-feira 22 de Abril em Washington. REUTERS - TOM BRENNER

Desde hoje e durante dois dias, os Estados Unidos organizam uma cimeira virtual sobre o clima, no intuito de marcar o seu regresso ao Acordo de Paris, depois de 4 anos de ausência durante a era Trump. Um regresso encarado pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, como sendo "uma viragem".

Publicidade

Participam neste encontro 40 chefes de Estado, nomeadamente os dirigentes dos países que mais contribuem para o efeito de estufa, os Estados Unidos que representam 15% da poluição total, tendo desde já anunciado que pretendem reduzir de cerca de 50% as suas emissões de dióxido de carbono até 2030, tendo como referência o ano de 2005.

Entre os restantes países e entidades que também já assumiram publicamente compromissos, o Canadá diz que vai diminuir em 40 a 50% as suas emissões de gás com efeito de estufa até 2030, o Japão pretende reduzir as suas emissões até esse mesmo ano em 46% do nível atingido em 2013, a China refere que o objectivo é chegar à neutralidade carbono até 2060, a União Europeia pretende reduzir até 2030 as suas emissões de CO2 em pelo menos 55% do nível de 1990 e o Brasil que está prestes a assinar um acordo com os Estados Unidos com vista a lutar contra a desflorestação amazónica, refere que deveria chegar à neutralidade até 2050.

Compromissos globalmente mais ambiciosos do que quando se assinou o Acordo de Paris em 2015 mas que, segundo organizações ambientalistas, ficam ainda aquém do que é necessário para lutar eficazmente contra a excessiva subida da temperatura média no planeta.

Para reflectirmos sobre o regresso dos Estados Unidos ao Acordo de Paris e o novo impulso a ser dado para reduzir o aquecimento global, ouvimos Viriato Cassamá, Ministro do Ambiente e Biodiversidade da Guiné-Bissau e ouvimos igualmente Francisco Ferreira, Presidente da associação ambientalista portuguesa "Zero".

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI