Irlanda do Norte mergulhada na incerteza

Áudio 10:08
Restos de um carro incendiado em Belfast, na Irlanda do Norte, a 9 de Abril de 2021.
Restos de um carro incendiado em Belfast, na Irlanda do Norte, a 9 de Abril de 2021. AP - Peter Morrison

A Irlanda do Norte assinalou nesta semana um século de existência. Cem anos da divisão da ilha entre a República da Irlanda, com capital em Dublin, e o território setentrional que se manteve fiel a Londres, após a independência irlandesa. António Soares dirige o think tank Centre for cross border studies, a partir de Belfast, ele alega que os tempos que agora aí se vivem são de incerteza. 

Publicidade

Entre a Grã-Bretanha e esta província do mesmo Reino Unido a saída efectiva de Londres da União Europeia a 1 de Janeiro passado, implica agora controlos alfandegarios que os unionistas contestam.

A violência voltou à Irlanda do Norte e a primeira-ministra unionista Arlene Foster deve deixar o seu cargo ainda este mês.

Um cenário complexo sobre o qual nos debruçamos com o nosso convidado, o professor António Soares, director de um think tank na Irlanda do Norte.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI