Convidado

Pianistas portugueses recordam vida e obra de Bernardo Sassetti em Belgais

Áudio 20:41
Pianistas celebram vida e obra de Bernardo Sassetti, em Belgais.
Pianistas celebram vida e obra de Bernardo Sassetti, em Belgais. © RFI

A casa Bernardo Sasseti celebra o cinquentenário do nascimento do pianista e compositor, num evento que ganhou outra dimensão por acontecer no Centro para as Artes de Belgais.

Publicidade

Belgais marcou a vida musical de Bernardo Sassetti, que gravou neste espaço criado pela pianista Maria João Pires dois dos albums mais icônicos Nocturno e Indigo, em 2002.

Directora artística da Casa Bernardo Sassetti, Inês Laginha e a pianista Maria João Pires.
Directora artística da Casa Bernardo Sassetti, Inês Laginha e a pianista Maria João Pires. © Lígia Anjos

Belgais abriu logo as portas a esta celebração como nos contou a directora da artística da casa Bernardo Sassetti, Inês Laginha.

Em Palco, no sábado 26 de Junho, sob um céu limpo e estrelado estiveram duas gerações: Mário Laginha, Pedro Burmester e João Paulo Esteves da Silva, pianistas que mais trabalharam com Bernardo Sassetti.

Da nova geração de pianistas portugueses fazem parte Daniel Bernardes, Filipe Melo e João Pedro Coelho, três dos autores dos quatro volumes de partituras do pianista e compositor português.

Para celebrar os 50 anos (+1) do nascimento de Bernardo Sassetti estiveram reunidos seis pianistas: Mário Laginha, Daniel Bernardes, Filipe Melo, João Pedro Coelho, Pedro Burmester e João Paulo Esteves da Silva. Os seis pianistas que subiram pela primeira juntos ao palco. "Um momento raro", descreve João Paulo Esteves da Silva.

O programa contemplou quinze temas de Sassetti, numa reunião de pianistas portugueses. João Pedro Coelho foi o único a não conhecer Bernardo Sassetti.

Mário Laginha partilhou palcos e discos com Bernardo Sassetti. O pianista descreve um concerto "comovente entre amigos que se encontram num espaço mágico, em Belgais".

Entre ensaios e música de Sassetti que ecoou durante toda tarde e noite em Belgais cruzámos Filipe Melo, que lembrou a força da natureza e uma influencia profunda de Bernardo Sassetti.

Daniel Bernardes cresceu a ouvir Bernardo Sassetti, Mario Laginha, João Paulo Esteves da Silva com quem partilhou o palco numa sensação de naturalidade.

"O Bernardo era uma pessoa fora do comum e desafiante no humor e ironia um ser disruptivo". Uma alma inquieta e desafiante, recorda Pedro Burmester

Um concerto que juntou família e amigos para recordar e celebrar a vida de Bernardo Sassetti. Em Belgais, os seis pianistas subiram ao palco, ao ar livre com vento, pássaros e numa paz que nos transportou até ao mais intimo da delicadeza da obra do pianista, por vezes disruptivo, desafiante, exigente com um autêntico sentido de humor.

"É por difícil de recordar Bernardo Sassetti porque ele poderia estar aqui", concluiPedro Burmester.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI