Convidado

"Raízes Negras", um livro de Lúcia Vicente para falar de tolerância e racismo

Áudio 09:55
Capa do livro "Raízes Negras"
Capa do livro "Raízes Negras" © Luís Guita

"Raízes Negras", o livro escrito pela portuguesa Lúcia Vicente, e que tem ilustrações da cabo-verdiana Gilda Barros, foi feito a pensar nos mais jovens e nasce no momento em que a autora reconhece a existência de racismo estrutural.

Publicidade

Com o subtítulo "Pessoas negras admiráveis que lutaram pelos seus sonhos e mudaram o mundo", o livro, recentemente editado pela Nuvem de Tinta, reúne mais de cinquenta biografias de pessoas negras que tiveram papel de destaque em diferentes tempos históricos e diferentes locais do planeta.

Nelson Mandela, Alda do Espírito Santo, Marcelino Sambé, Angela Davis, Marrielle Franco, Amilcar Cabral, Naide Gomes e Malcolm X são apenas alguns dos biografados.

A necessidade de se corrigirem as desigualdades provocadas pelo racismo foi um dos motores de um livro que nos introduz a uma realidade de maior verdade. Lúcia Vicente espera que a publicação traga "novos heróis e heroínas" aos mais jovens e seja uma inspiração para criar "um mundo melhor, menos racista, menos injusto, menos desigual".

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI