Desporto

Rui Sousa: «Chelsea venceu dentro e fora das quatro linhas»

Áudio 13:12
O Chelsea arrecadou pela segunda vez o troféu da Liga dos Campeões.
O Chelsea arrecadou pela segunda vez o troféu da Liga dos Campeões. © AFP - JOSE COELHO

O Chelsea venceu por 1-0 a final da Liga dos Campeões europeus de futebol frente ao Manchester City, num jogo que decorreu na cidade do Porto em Portugal. 

Publicidade

O único tento do encontro foi apontado aos 42 minutos pelo avançado alemão Kai Havertz.

Rui Sousa, jornalista desportivo do Jornal Record, que esteve presente no Estádio do Dragão, analisou este triunfo dos ‘Blues’.

Rui Sousa, jornalista desportivo do Jornal Record 31-05-2021

O guarda-redes senegalês com origens guineenses, Edouard Mendy, o defesa italo-brasileiro Emerson, e o defesa brasileiro Thiago Silva arrecadaram o troféu de vencedores da Liga dos Campeões europeus.

O Chelsea obteve a segunda Liga dos Campeões na sua história, após a já conquistada em 2012.

No historial recente da liga milionária, uma equipa que participava pela primeira vez numa final, como o Manchester City, acaba sempre por não vencer. Em 2021 foram os ‘Citizens’, mas em 2020, em Lisboa em Portugal, o Paris Saint-Germain também tinha sido derrotado por 1-0 pelos germânicos do Bayern de Munique.

Ainda no futebol,

No Campeonato angolano,

O Primeiro de Agosto lidera com 50 pontos após 22 jogos realizados, à frente do Sagrada Esperança que tem 48 pontos e menos um jogo. O terceiro lugar é ocupado pelo Petro de Luanda também com 48 pontos.

De referir que na 22ª jornada, realizada no passado fim-de-semana, o 1° de Agosto venceu por 0-1 na deslocação ao terreno do Progresso do Sambizanga, o Sagrada Esperança derrotou o Bravos do Maquis por 0-1, enquanto o Petro de Luanda venceu por 0-1 na deslocação ao terreno do Recreativo da Caála.

No futebol de praia,

O CAN da modalidade decorreu no Senegal. A Selecção da casa venceu a prova derrotando na final Moçambique por 4-1.

Os ‘Mambas’ alcançaram, pois, o segundo lugar e apuraram-se para o Mundial de futebol de praia.

Os dois primeiros na prova carimbaram o passaporte para o Campeonato do Mundo.

De notar que Moçambique terminou no primeiro lugar no grupo B com três triunfos em três jogos: 7-5 frente ao Egipto, 7-3 perante as Seicheles e 2-1 frente a Marrocos. E que a Selecção moçambicana venceu por 6-3 o Uganda nas meias-finais.

Passamos às outras modalidades,

O maior torneio francês de ténis, Roland-Garros, começou neste domingo 30 de Maio com um único português presente no quadro principal, João Sousa. 

A nossa enviada especial no Grand Slam francês, Lígia Anjos, falou com o atleta luso.

Ouça a Crónica de Lígia Anjos.

Crónica de Lígia Anjos 31-05-2021

No basquetebol,

A BAL, liga africana de basquetebol, decorreu em Kigali no Ruanda. Os angolanos do Petro de Luanda terminaram no 3° lugar derrotando o Patriots do Ruanda por 97-68 na luta por um lugar no pódio. O vencedor da prova foi o Zamalek do Egipto que venceu por 76-63 os tunisinos da US Monastir. De notar que o Petro de Luanda foi derrotado pelo Zamalek nas meias-finais por 89-71. Quanto aos moçambicanos do Ferroviário de Maputo caíram nos quartos-de-final frente ao Patriots por 73-71.

No motociclismo,

O piloto francês Fabio Quartararo (Yamaha) venceu o Grande Prémio de Itália de MotoGP. O português Miguel Oliveira (KTM) ficou no 2° lugar e o actual campeão do mundo espanhol Joan Mir (Suzuki) terminou na 3ª posição.  

Na classificação individual após 6 provas, Fabio Quartararo lidera com 105 pontos, à frente de outro gaulês Johann Zarco (Ducati) com 81 pontos. O português Miguel Oliveira ocupa o 10° lugar com 29 pontos.

De notar que o piloto luso-suíço Jason Dupasquier faleceu, no domingo de manhã, no hospital de Careggi, em Florença, onde se encontrava internado em estado muito grave, na sequência do acidente na qualificação do Grande Prémio de Itália em Moto3. Tinha 19 anos.

Por fim, o ciclismo,

Na Itália terminou o Giro, a Volta a Itália. O ciclista colombiano Egan Bernal da INEOS Grenadiers venceu a geral individual, terminando com a camisola cor-de-rosa de líder. O italiano Damiano Caruso da Bahrain - Victorious ficou no segundo lugar a 1 minuto e 29 segundos do vencedor, enquanto o britânico Simon Yates da BikeExchange acabou na terceira posição a 4 minutos e 15 segundos de Egan Bernal.

Quanto aos ciclistas portugueses João Almeida, da equipa Deceuninck-Quick Step, terminou no 6° lugar na geral, enquanto Nelson Oliveira, da equipa Movistar, acabou na 27ª posição.

De notar que a última etapa, um contra-relógio, foi arrecadada pelo italiano Filippo Ganna da equipa INEOS Grenadiers.

Egan Bernal (INEOS Grenadiers) venceu o Giro.
Egan Bernal (INEOS Grenadiers) venceu o Giro. © AFP - LUCA BETTINI

É o ponto final neste Magazine Desporto. Até breve.

DESPORTO 31-05-2021 MM

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI