Desporto

Jack Noel: «Itália foi a melhor equipa, mas esta Inglaterra ainda vai dar alegrias aos adeptos»

Áudio 12:06
A Itália arrecadou o título europeu pela segunda vez na sua história.
A Itália arrecadou o título europeu pela segunda vez na sua história. © AFP - LAURENCE GRIFFITHS

A Itália venceu o Campeonato da Europa de futebol, derrotando na final a Inglaterra por 3-2 na marcação das grandes penalidades após o empate a uma bola no fim do tempo regulamentar e do prolongamento, num jogo que decorreu no Estádio Wembley, em território inglês.

Publicidade

A Selecção italiana arrecadou pela segunda vez o troféu de Campeão europeu após aquele conquistado em 1968.

Perante mais de 65 mil espectadores, a Inglaterra entrou melhor com um golo após 2 minutos de jogo. Após um cruzamento do lateral direito Kieran Trippier, o lateral esquerdo Luke Shaw rematou para o fundo da baliza do guarda-redes italiano Gianluigi Donnarumma.

A perder por 0-1, a Itália vai reagir e tentar chegar ao golo, mas na primeira parte, a dominação vai ser estéril.

Os ingleses vão resistir até ao minuto 67. O médio italiano do Paris Saint-Germain, Marco Verratti, após um canto, cabeceou para a baliza, mas o guarda-redes inglês Jordan Pickford defendeu para o poste. No entanto, no seguimento dessa acção, a bola ficou na posse do defesa Leonardo Bonucci que empurrou o esférico para o fundo da baliza com o pé esquerdo.

O empate vai permanecer até ao fim do tempo regulamentar e do prolongamento.

A ‘Squadra Azzurra’ vai vencer na marcação das grandes penalidades por 3-2 e arrecadou o troféu do Euro2020.

Para Jack Noel, médio britânico de 19 anos do Estoril, clube português, foi um triunfo merecido para a Itália, apesar da decepção devido à derrota dos ingleses.

Jack Noel também abordou, em entrevista exclusiva à RFI, o  percurso que levou um britânico a deixar o Reino Unido para jogar em Portugal.

Jack Noel, médio britânico do Estoril 12-07-2021

Jack Noel, médio britânico.
Jack Noel, médio britânico. © Cortesia Jack Noel

A Itália venceu assim o seu segundo título europeu após aquele conquistado em 1968. Os italianos sucedem a Portugal que tinha vencido em 2016, derrotando na final a França por 1-0 após prolongamento. O único tento em 2016 foi apontado pelo avançado luso-guineense Eder que entregou, em Wembley, o troféu conquistado pela Selecção Portuguesa.

De notar que o guarda-redes italiano Gianluigi Donnarumma foi eleito melhor jogador do Euro2020, enquanto o defesa italiano Leonardo Bonucci foi eleito melhor jogador da final.

De referir ainda que o avançado português Cristiano Ronaldo se sagrou melhor marcador do Euro2020, com cinco golos. O checo Patrik Schick também apontou o mesmo número de golos mas o primeiro critério de desempate são as assistências e aí o capitão da Seleção Nacional leva vantagem: uma contra nenhuma para o checo.

O campeonato da Europa em 2024 vai decorrer na Alemanha.

Ainda no futebol,

A Selecção argentina venceu a Copa América, competição reservada aos países da América do Sul. A Argentina venceu o Brasil por 1-0 numa final que decorreu no Rio de Janeiro.

O único tento foi apontado pelo avançado do Paris Saint-Germain, Ángel Di María.

Os argentinos arrecadaram o troféu pela 15ª vez, igualando o recorde do Brasil. De notar que o avançado argentino Lionel Messi venceu pela primeira vez a prova com a Selecção argentina após três derrotas em finais da competição sul-americana.

Lionel Messi venceu a Copa América com a Argentina.
Lionel Messi venceu a Copa América com a Argentina. © CARL DE SOUZA AFP

Continuamos com a Taça Cosafa de futebol,

A prova decorre na África do Sul com a presença de Moçambique. Os Mambas já realizaram três encontros. Os moçambicanos venceram o Malawi por 2-0, empataram sem golos frente ao Zimbabué, e perderam por 0-1 frente ao Senegal. Moçambique ocupa actualmente o segundo lugar no Grupo B com quatro pontos, atrás da Namíbia que conta com 6 pontos em dois jogos.

Apenas os dois primeiros de cada grupo seguem para as meias-finais. De notar que no Grupo A, Essuatíni e África do Sul lideram com 6 pontos. A fase de grupos termina a 14 de Julho.

Prosseguimos com a Taça das Confederações da CAF,

Os marroquinos do Raja Casablanca venceram por 2-1 o JS Kabylie da Argélia na final da segunda prova de clubes mais importante da Confederação Africana de futebol, que decorreu em Cotonou, no Benim.

De notar que a final da Liga dos Campeões africanos decorre a 17 de Julho entre os sul-africanos do Kaizer Chiefs e os egípcios do Al Ahly, em Casablanca, em território marroquino.

No Campeonato angolano,

O Sagrada Esperança lidera com 64 pontos após 27 jogos realizados, à frente do Petro de Luanda que tem 63 pontos, e à frente do Primeiro de Agosto que conta com 54 pontos e menos um jogo.

O Sagrada Esperança, que tinha um jogo em atraso, venceu esse encontro por 2-0 frente ao Recreativo do Libolo e subiu à liderança no Girabola, isto quando estamos a apenas três jogos do fim do campeonato angolano da primeira divisão de futebol.

Passamos às outras modalidades,

No ciclismo,

A Volta a França em bicicleta decorre em território gaulês até dia 18 de Julho. Após quinze etapas, o esloveno Tadej Pogačar (UAE-Team Emirates) veste a camisola amarela de líder, ele que venceu a prova em 2020.

O ciclista esloveno de 22 anos, Tadej Pogačar, lidera com 5 minutos e 18 segundos de vantagem em relação ao colombiano Rigoberto Urán (EF Education - Nippo) e com 5 minutos e 32 segundos de vantagem em relação ao dinamarquês Jonas Vingegaard (Team Jumbo-Visma).

Quanto à décima quinta etapa, que decorreu no domingo 11 de Julho, foi arrecadada pelo norte-americano Sepp Kuss (Team Jumbo-Visma). De notar que o português Ruben Guerreiro (EF Education - Nippo) ficou no quinto lugar a 1 minuto e 15 segundos do vencedor .

No ténis,

A australiana Ashleigh Barty arrecadou o título na vertente feminina em Wimbledon, em território britânico, derrotando na final a checa Karolina Pliskova em três sets com os parciais de 6-3, 6-7 e 6-3.

Na vertente masculina o sérvio Novak Djokovic venceu a prova, derrotando na final o italiano Matteo Berrettini em quatro sets com os parciais de 6-7, 6-4, 6-4 e 6-3. É o 20° título de Novak Djokovic, que iguala o recorde de títulos do Grand Slam visto que o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal também já conquistaram 20 troféus cada um.

A australiana Ashleigh Barty arrecadou o título na vertente feminina em Wimbledon, em território britânico, derrotando na final a checa Karolina Pliskova.
A australiana Ashleigh Barty arrecadou o título na vertente feminina em Wimbledon, em território britânico, derrotando na final a checa Karolina Pliskova. © Glyn KIRK AFP

É o ponto final neste Magazine Desporto.

DESPORTO 12-07-2021 MM

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI