Desporto

Catarina Sousa e Salvador Gordo, a natação angolana nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Áudio 14:54
Os Jogos Olímpicos decorrem em Tóquio no Japão.
Os Jogos Olímpicos decorrem em Tóquio no Japão. © Philip FONG AFP/Archives

Estamos a uma semana da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos que vão decorrer em Tóquio no Japão.

Publicidade

Recorde-se que as Olimpíadas, que estavam marcadas para o Verão de 2020, foram adiadas para 2021 devido à pandemia de Covid-19.

Aliás o Governo japonês declarou o estado de emergência em Tóquio até dia 22 de Agosto, o que levou Tamayo Marukawa, ministra responsável pelo evento, a decidir que não haveria espectadores nas bancadas durante os Jogos Olímpicos. Uma situação inédita.

As Olimpíadas vão contar com representantes dos diferentes países lusófonos que poderão alcançar medalhas.

A RFI interessou-se aos dois nadadores angolanos, Catarina Sousa e Salvador Gordo, que vão representar o país nestes Jogos Olímpicos.

Catarina Sousa, nadadora luso-angolana de 21 anos, revelou-nos os objectivos que tem para a prova dos 100 metros livres, admitindo estar feliz por participar neste evento.

Catarina Sousa, nadadora angolana 16-07-2021

Catarina Sousa, Nadadora.
Catarina Sousa, Nadadora. © Cortesia Catarina Sousa

Salvador Gordo, nadador angolano de 18 anos, que vai participar nos 100 metros mariposa, admitiu que o adiamento da competição de 2020 para 2021 foi benéfico para ele, sendo um atleta que deixou Angola com apenas 11 anos para levar este desafio e chegar o mais rapidamente possível aos Jogos Olímpicos, um sonho agora concretizado.

Salvador Gordo, nadador angolano 16-07-2021

Salvador Gordo, Nadador.
Salvador Gordo, Nadador. © Cortesia Salvador Gordo

Os Jogos Olímpicos em Tóquio decorrem de 23 de Julho a 8 de Agosto de 2021 no Japão.

Passamos às outras modalidades,

No futebol,

A Taça Cosafa decorre na África do Sul com a presença de Moçambique. Os Mambas terminaram no segundo lugar no Grupo B e apuraram-se para as meias-finais. Na fase de grupos, os moçambicanos venceram o Malawi por 2-0 e a Namíbia por 1-0, empataram sem golos frente ao Zimbabué, e perderam por 0-1 frente ao Senegal. Moçambique acabou no segundo lugar com 7 pontos, atrás do Senegal com 9 pontos.

De notar que no Grupo A, Essuatíni e África do Sul apuraram-se para as meias-finais.

Nessa fase da prova, os Mambas vão defrontar os sul-africanos e os senegaleses vão medir forças com Essuatíni.

Prosseguimos com a Liga dos Campeões africanos da CAF de futebol,

A final da Liga dos Campeões africanos decorre a 17 de Julho entre os sul-africanos do Kaizer Chiefs e os egípcios do Al Ahly, em Casablanca, em território marroquino.

No ciclismo,

A Volta a França em bicicleta decorre em território gaulês até dia 18 de Julho. Após 18 etapas, o esloveno Tadej Pogačar (UAE-Team Emirates) veste a camisola amarela de líder, e aproxima-se cada vez mais da vitória final. Seria a segunda vez após aquela conquistada em 2020.

O ciclista esloveno de 22 anos, Tadej Pogačar, lidera com 5 minutos e 45 segundos de vantagem em relação ao dinamarquês Jonas Vingegaard (Team Jumbo-Visma) e com 5 minutos e 51 segundos de vantagem em relação ao equatoriano Richard Carapaz (INEOS Grenadiers).

Quanto à décima oitava etapa, que decorreu na quinta-feira 15 de Julho, foi arrecadada pelo esloveno Tadej Pogačar (UAE-Team Emirates), que arrecadou assim três vitórias em etapas nesta edição 2021.

O esloveno Tadej Pogačar (UAE-Team Emirates) veste a camisola amarela de líder.
O esloveno Tadej Pogačar (UAE-Team Emirates) veste a camisola amarela de líder. © AFP - ANNE-CHRISTINE POUJOULAT

É o ponto final neste Magazine Desporto.

DESPORTO 16-07-2021 MM

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI