Emanuel Trovoada: «Satisfeito com o 4° lugar no Afrobasket, mas queríamos mais…»

Áudio 11:18
Cabo Verde terminou no quarto lugar no Afrobasket que decorreu em Kigali no Ruanda.
Cabo Verde terminou no quarto lugar no Afrobasket que decorreu em Kigali no Ruanda. © Cortesia FIBA

A Tunísia arrecadou o título africano no Afrobasket, vencendo a Costa do Marfim por 78-75, isto enquanto Cabo Verde terminou no quarto lugar na prova, que decorreu em Kigali no Ruanda.

Publicidade

A Selecção cabo-verdiana perdeu por 73-86 frente ao Senegal na luta pelo terceiro lugar, pela medalha de bronze, no Campeonato Africano das Nações de basquetebol - o Afrobasket -.

Em entrevista exclusiva à RFI, Emanuel Trovoada, treinador angolano da Selecção cabo-verdiana, fez o balanço da prova, admitindo que está satisfeito com o percurso, no entanto a equipa queria mais.

Emanuel Trovoada, seleccionador de Cabo Verde 06-09-2021

Emanuel Trovoada, seleccionador de Cabo Verde.
Emanuel Trovoada, seleccionador de Cabo Verde. © Cortesia FIBA

 

Nos prémios individuais do Afrobasket 2021, o atleta cabo-verdiano Walter Tavares, conhecido por ‘Edy’, foi eleito o melhor ressaltador da prova com 85 ressaltos em 6 jogos.

 

De notar que os cabo-verdianos participaram pela sétima vez na competição e o melhor resultado foi uma medalha de bronze, 3° lugar, em 2007, já com o seleccionador Emanuel Trovoada, numa prova que decorreu em Angola.

Recorde-se que a Selecção angolana foi eliminada nos quartos-de-final do Afrobasket 2021 pelo Senegal e terminou no sexto lugar na classificação final.

Passamos às outras modalidades,

No ciclismo,

A Vuelta, a Volta a Espanha em bicicleta, terminou no passado fim-de-semana. O esloveno Primož Roglič da equipa Jumbo-Visma venceu a prova pela terceira vez consecutiva, ele que já tinha vencido em 2019 e em 2020.

No segundo lugar ficou o espanhol Enric Mas da equipa Movistar a 4 minutos e 42 segundos do vencedor, e na terceira posição terminou o australiano Jack Haig da equipa Bahrain - Victorious a 7 minutos e 40 segundos de Primož Roglič.

Quanto à vigésima primeira e última etapa, um contra-relógio de mais de 33 quilómetros, foi arrecadada pelo esloveno Primož Roglič, o camisola vermelha de líder e vencedor da prova, da equipa Jumbo-Visma.

No ciclismo feminino,

A ciclista portuguesa Raquel Queirós da equipa Velo Performance/JS Campinense conquistou no passado domingo a primeira edição da Volta a Portugal feminina, que terminou após a quarta etapa, disputada entre as Caldas da Rainha e Lisboa e arrecadada pela britânica Lucy Lee (LDN/Brother UK).

No automobilismo,

O holandês Max Verstappen, da Red Bull, conquistou o Grande Prémio dos Países Baixos de Fórmula 1. O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, terminou no segundo lugar, e o finlandês Valtteri Bottas, também da Mercedes, fechou o pódio no terceiro posto.

Na classificação do campeonato do mundo, Max Verstappen lidera com 224,5 pontos, tendo apenas três pontos de vantagem em relação a Lewis Hamilton.

No futebol,

Decorrem actualmente as eliminatórias para o Mundial de 2022 no Catar.

No continente europeu,

A Selecção francesa empatou a uma bola na Ucrânia.

Os golos foram apontados pelo avançado Anthony Martial para a França, e pelo médio Mykola Shaparenko para os ucranianos.

No que diz respeito ao apuramento para o Mundial, a França lidera o Grupo D com 9 pontos após 5 jogos realizados. No próximo jogo, a Selecção francesa recebe a Finlândia a 7 de Setembro.

Quanto à Selecção portuguesa venceu por 3-1 frente ao Catar em jogo amigável. 

Os golos portugueses foram apontados pelo avançado André Silva, pelo médio luso-brasileiro Otávio, que festejou a sua primeira internacionalização com Portugal, e pelo médio ofensivo Bruno Fernandes de grande penalidade.

No que diz respeito ao apuramento para o Mundial, Portugal lidera com a Sérvia o Grupo A com 10 pontos após 4 jogos realizados. No próximo jogo, a Selecção portuguesa desloca-se ao Azerbaijão a 7 de Setembro.

DESPORTO 06/09/2021 MM

É o ponto final neste Magazine Desporto.

O esloveno Primož Roglič da equipa Jumbo-Visma venceu a Vuelta pela terceira vez consecutiva, ele que já tinha vencido em 2019 e em 2020.
O esloveno Primož Roglič da equipa Jumbo-Visma venceu a Vuelta pela terceira vez consecutiva, ele que já tinha vencido em 2019 e em 2020. © AP - Luis Vieira

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI