Acesso ao principal conteúdo
Revista de Imprensa

França presta homenagem nacional e europeia ao ex-Presidente, Giscard, morto aos 94 anos

Áudio 03:57
França presta homenagem nacional e europeia ao ex-Presidente, Giscard, morto aos 94 anos
França presta homenagem nacional e europeia ao ex-Presidente, Giscard, morto aos 94 anos © Fotomontagem RFI/Adriana de Freitas
Por: RFI
7 min

Abrimos com  LE MONDE a titular, covid, a vacinação gratuita mas não obrigatória. O Primeiro ministro, Jean Castex, apresentou as modalidades da vacinação contra a covid-19 que começa em janeiro.  Por outro lado, a França presta este fim-de-semana uma homenagem nacional e europeia ao antigo Presidente, Giscard d'Estaing, morto na quarta-feira com a idade de 94 anos. 

Publicidade

Na campanha de vacinação contra a Covid, os residentes de lares dos idosos serão os primeiros a ser vacinados, depois pessoas frágeis e o resto da população na primavera do próximo ano. 

O primeiro ministro, Jean Castex, recordou que a vacinação será gratuita, enquanto o epidemiologista, Simon Cauchemez, alertou para o facto de haver um risco duma terceira vaga da epidemia, acrescenta LE MONDE.

Por seu lado, LE FIGARO, titula, Giscard, o poder e a vida. A França presta uma homenagem nacional e europeia este fim-de-semana, ao superdotado da política, ao político, louco pela literatura, ao homem de Estado, que revolucionou a comunicação política em França.

Giscard d'Estaing, morreu, quarta-feira, aos 94 anos. Aluno brilhante, fez aos 15 anos de idade os cursos de Letras e Ciências dos Liceus, a prestigiada Escola Politécnica de engenheiros e a Escola Nacional de Administração, dando início à sua carreira política como Ministro das Finanças até ser eleito Presidente da República, aos 43 anos, nota, LE FIGARO.

"Au revoir", Adeus, replica, LA CROIX. Giscard d'Estaing, o presidente que nunca disse adeus à Política. Demasiado jovem, muito inteligente, a infelicidade de Valéry Giscard d'Estaing, foi, talvez, ter chegado, cedo demais ao poder supremo do Estado. 

Levou menos de 20 anos para conquistar o poder supremo, 7 apequenos anos para o exercer e mais de 20 anos a chorar a Presidência francesa, acrescenta, LA CROIX.

Nossos anos Giscard, replica, LIBÉRATION. O antigo Presidente Giscard, simbolizava a modernidade da França. "Au revoir", adeus, irreverência. Giscard, iniciou grandes reformas sociais, nomeadamente, o divórcio e a interrupção voluntária da gravidez, sublinhou, LIBÉRATION.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.