Revista de Imprensa

Pandemia da Covid já provocou 100. 000 mortos em França

Áudio 04:42
Pandemia da Covid já provocou 100. 000 mortos em França
Pandemia da Covid já provocou 100. 000 mortos em França Jacques DEMARTHON / AFP

Abrimos esta revista de imprensa com LE MONDE a titular hecatombe da Covid-19, 100 000 mortes em França. A Covid-19 inscreve-se na linha histórica das grandes epidemias em França 

Publicidade

Ritos funerários desarticulados e mortos solitários estragaram o luto de famílias no país. São mortos que não foram chorados colectivamente, afirma a psicóloga, Marie Bacqué, uma cerimónia necessária para ultrassar a crise. 

No serviço de reanimação do hospital de Bichat em Paris as vítimas são cada vez mais jovens, enquanto a nível da Europa está atrasada a dose única da vacina Johnson&Johnson, nota, LE MONDE.

Covid-19, as condições duma saída de crise. Face à ameaça de novas estirpes a França, para reatar com uma uma vida normal aposta nos efeitos do confinamento, na aceleração da vacinação e no regresso aos bons dias.

Para não desiludir uma vez mais os franceses à beira da ruptura, o Presidente, Macron, não quis correr o risco de indexar o descofinamento na base de indicadores epidemiológicos por natureza de difícil previsão. 

Mas, o calendário da reabertura do país a ser decidido esta noite numa reunião no Palácio do Eliseu, dependerá necessariamente da situação sanitária no país, acrescenta, LE FIGARO. 

Uma nova visão da pandemia, titula, LA CROIX. São estudos sobre um excesso de mortalidade que revelam ao mundo uma nova fotografia dos desastres da pandemia da Covid.

Enquanto temos 100 000 mortos em França e 3 milhões a nível mundial, com a América a bater os recordes, em países da Asia do sudeste e do leste os números são muito inferiores. Assim como em África durante muiito tempo poupada, os verdadeiros números permanecem uma incógnita na equação desta pandemia da Covidè-19 que devasta o globo, acrescneta, LA CROIX. 

Por seu lado, LIBÉRATION, titula, reforma da justiça, que saia o júri. O texto apresentado pelo ministro da Justiça, Éric Dupont Moretti, entende generalizar os tribunais criminais supra autarquias que recuperarão metade dos processos criminais actualmente sob a batuta de júris populares.

"Está-se a afastar o povo do processo judiciário", afirma o penalista Franck Berton. O ministro da Justiça, apanhou o sector desprevenido apresentando o projecto de reforma que aposta em magistrados profissionais par julgar crimes passíveis de mais de 15 anos de reclusão, nota, LIBÉRATION.

10 ideias para um plano de relançamento social e ecológico, titula, L'HUMANITÉ. Face à crise, economistas, sindicalistas e responsáveis de esquerda colocam em cima da mesa propostas inovadoras. Na primeira linha postos de trabalho, aumento de ordenados, recuperação de empresas estratégicas, controlo da dívida pública, investimentos públicos ou uma reforma fiscal repondo a legimitidade dos impostos, nota, L'HUMANITÉ.  

Retirada dos soldados americanos do Afeganistão 

No internacional LE MONDE destaca Afeganistão, retirada total dos soldados americanos até 11 de setembro. Joe Biden, deve anunciar hoje que 20 anos depois do começo na origem dessa guerra é tempo das tropas americanas saírem do Afeganistão.

A guerra mais longa da história dos Estados Unidos terminará a 11 de setembro depois dos atentados que a desencadearam há 20 anos.

Joe Biden, herdou à sua chegada à Casa Branca um compromisso do seu predecessor, Donald Trump de retirada das forças americanas do Afeganistão, ficando apenas um  corpo especial de segurança da embaixada americana em Cabul, sublinha, LE MONDE. 

Em relação ao continente africano, LIBÉRATION, destaca o Mali, Ould Siddatt, antigo rebelde convertido à paz, foi assassinado em Bamaco.

O presidente da coordenação dos movimentos de Azawad, um homem pragmático, tinha assinado o acordo de paz de Argel em 2015 com o governo maliano. Os seus assassinos continuam a monte, acrescenta, LIBÉRATION.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI