PR Nyusi promete manter os seus pares informados sobre situação em Cabo Delgado

Áudio 11:34
Militares moçambicanos em Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado no dia 7 de Março de 2018.
Militares moçambicanos em Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado no dia 7 de Março de 2018. © AFP

Esta semana, a situação de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, esteve no centro das atenções numa nova cimeira da SADC. Também em destaque esteve a actualidade são-tomense, com o parlamento a fixar para o dia 5 de Setembro a segunda volta das presidenciais. Paralelamente, acerca da Guiné-Bissau, os EUA anunciaram oferecer uma recompensa de 5 milhões de Dólares a quem permitir que seja detido ou condenado António Indjai, antigo CEMGFA da Guiné-Bissau, que acusam de narcotráfico.