Semana em África

Frente da oposição quer barrar MPLA em Angola

Áudio 09:21
Abel Chivukuvuku (PRA-JÁ Servir Angola), Adalberto da Costa Júnior (UNITA) e Filomeno Veira Lopes (Bloco Democrático), formalizaram no dia 5 de Outubro de 2021 a criação da Frente Patriótica Unida, plataforma eleitoral que disputará as eleições gerais de Angola em 2022.
Abel Chivukuvuku (PRA-JÁ Servir Angola), Adalberto da Costa Júnior (UNITA) e Filomeno Veira Lopes (Bloco Democrático), formalizaram no dia 5 de Outubro de 2021 a criação da Frente Patriótica Unida, plataforma eleitoral que disputará as eleições gerais de Angola em 2022. LUSA - Ampe Rogério

Nesta Semana em África, destaque para a oficialização da criação da Frente Patriótica Unida, em Angola, que junta a UNITA, o Bloco Democrático e o PRA-JÁ Servir Angola no intuito de barrar o MPLA nas eleições gerais de 2022. Neste programa, abordamos ainda a situação em Cabo Delgado e o julgamento das dívidas ocultas em Moçambique, assim como a decisão de que não vai haver aumentos salariais em Cabo Verde.