Acesso ao principal conteúdo
Vida em França

França: decapitação de Samuel Paty, falhas nos serviços de segurança interna

Áudio 10:42
A 21 de Outubro de 2020 a França prestou uma homenagem nacional ao professor Samuel Paty, decapitado a 16 de Outubro, nos arredores de Paris, por um jovem de origem chechena radicalizado.
A 21 de Outubro de 2020 a França prestou uma homenagem nacional ao professor Samuel Paty, decapitado a 16 de Outubro, nos arredores de Paris, por um jovem de origem chechena radicalizado. AFP

Continuam as investigações sobre a decapitação de Samuel Paty a 16 de Outubro, pelo jovem de 18 anos de origem chechena Abdoullakh Anzorov, residente em França onde obteve o estatuto de refugiado.Houve falhas, nos sobrecarregados serviços de segurança interna - DGSI - dado que a radicalização islâmica de Anzorov, apesar de sinalizada, foi "minimizada" e não suscitou alertas. Como refere o jornalista radicado em França Rui Neumann, especialista em direito e segurança e autor do livro "Raptos políticos e tomada de reféns -  concensos e contradições de uma ameaça crescente" - 2016. 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.