Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Príncipe/Covid-19

São Tomé e Príncipe prorroga estado de emergência pela quinta vez

Zona ribeirinha de São Tomé.
Zona ribeirinha de São Tomé. Liliana Henriques / RFI
Texto por: Lígia ANJOS
2 min

Apesar das medidas tomadas pelo governo são-tomense, a propagação do novo coronavírus agrava-se. O país regista 484 casos confirmados e 12 morte.

Publicidade

Foi decretado até 15 de Junho um novo estado de emergência no país, o quinto em três meses. O Presidente da República, Evaristo Carvalho, justifica o decreto pela propagação da doença no arquipélago.

"Até à data o quadro epidemiológico” mantém-se grave e devido ao “crescimento exponencial” de infecções e óbitos provocados pelo novo coronavírus descreveu Evaristo Carvalho.

"O número de casos positivos em crescimento diário e a explicação pouco convincente, sobretudo pela fragilidade organizativa e funcional dos nossos serviços de saúde", justificou o Presidente são-tomense. 

O governo avançou nove medidas de restrição, a maioria são ajustes impostos pela situação, destaca-se o confinamento obrigatório entre as 18:30 e as 05:00.

Outra das novas medidas decretadas pelo executivo diz respeito à atribuição da realização dos funerais por Covid-19 às câmaras distritais e ao governo regional. Os funerais vão ser financiados pelo governo com envolvência dos serviços competentes dos ministérios da Saúde e da Defesa e Ordem Interna.

São Tomé e Príncipe foi um dos primeiros países luso-africanos a fechar fronteiras para evitar a propagação do novo coronavírus. O executivo adoptou medidas de isolamento social e confinamento obrigatório. No entanto, as medidas do governo são-tomense são duramente criticadas porque não estão a trazer resultados. 

O antigo Presidente são-tomense, Manuel Pinto da Costa, não poupa críticas às políticas do governo liderado por Jorge Bom Jesus.

"Estamos a viver uma pandemia extremamente grave para São Tomé e Príncipe e, se não soubermos gerir convenientemente bem esta situação, vai ser um desastre total de ponto de vista económico, social e político", afirmou Manuel Pinto da Costa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.