Acesso ao principal conteúdo
#São Tomé/água

São-tomenses deverão poder beber água mineral local ainda este ano

Águas Bom Sucesso
Águas Bom Sucesso © Página Facebook do Governo de São Tomé e Príncipe
Texto por: Maximino Carlos
1 min

Os  são-tomenses vão brevemente poder beber água mineral produzida  localmente. A fábrica, com um historial de 11 anos entre a sua concepção e a conclusão das obras, entrará em funcionamento no segundo semestre deste ano e vai produzir 12 mil litros diários de água.

Publicidade

Sob  a  marca “Águas Bom Sucesso”,  a  água  que vai  ser  produzida  em  Bom Sucesso,  a cerca  de  20 quilómetros  da  capital São  Tomé, vai  ser  consumida localmente e comercializada  nalguns  mercados  africanos.  A  fábrica está  apetrechada com equipamentos necessários , restando  a  sua  certificação  que  será  concretizada com  a  vinda  um  técnico  estrangeiro.  O  investimento  é  líbio  e  o  projecto  começou  em 2009 .

As obras  conheceram  vários  reveses   e recentemente  o  actual  governo  liderado  por  Jorge  Bom Jesus foi  forçado a  ameaçar  os  responsáveis  do  projecto  para  a  sua  concretização.

A  fábrica  terá a  capacidade  de  produzir  12  mil  litros  de  água  por dia   e  o  chefe  do   executivo  está  satisfeito  pelo  facto  de os  são-tomenses  virem  a  beber  a  água  produzida  em  São  Tomé  e  Príncipe.

Oiça aqui a reportagem de Maximino  Carlos, correspondente em São Tomé.

Correspondência de São Tomé e Príncipe, 25/6/2020

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.