Acesso ao principal conteúdo
Ciência

São Tomé e Príncipe já começou a realizar teste PCR

Áudio 05:54
Equipamentos, materiais e consumíveis oferecidos a São Tomé e Príncipe pela OMS. Dentre os equipamentos está o PCR usado no rastreio de Covid-19.
Equipamentos, materiais e consumíveis oferecidos a São Tomé e Príncipe pela OMS. Dentre os equipamentos está o PCR usado no rastreio de Covid-19. © OMS
Por: Lígia ANJOS
7 min

São Tomé e Príncipe inaugurou na semana passada um novo laboratório, com equipamentos, materiais e consumíveis oferecidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para realizar testes PCR para rastreio ao Covid-19. 

Publicidade

Depois de vários meses de expectativas, São Tomé e Príncipe começou a realizar testes PCR com apoio da OMS.

Os primeiros diagnósticos de Covid19 começaram a ser feitos na semana passada, após testes experimentais que conduziram à confirmação dos protocolos.

O ministro da saúde são-tomense, Edgar Neves afirmou que o país já pode considerar os resultados cujos diagnósticos foram feitos com base em testes de PCR, após concertação com a Organização Mundial de Saúde.

"Este é um equipamento esperado há muito tempo e era necessário que país garantisse um panorama epidemiológico mais rigoroso", como nos explica a responsável do laboratório, Rosa Neto.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.