Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe: Tribunal de Contas rejeita Conta Geral do Estado de 2017

Imagem de arquivo.
Imagem de arquivo. AFP - ALEXIS HUGUET
Texto por: Maximino Carlos
3 min

O Tribunal de Contas de São Tomé e Príncipe não aprovou a Conta Geral do Estado de 2017. O anúncio foi feito pelo presidente da instituição na final da apresentação do documento ao presidente do Parlamento. Bernardino Araújo alega falta de esclarecimentos e irregularidades.

Publicidade

Para o Presidente Tribunal de Contas de São Tomé e Príncipe a execução orçamental de 2017 não está clarificada: “não conseguimos verificar as indicações das dívidas a pagar, nomeadamente internas e externas. O relatório deve demonstrar o que transita para o ano seguinte. Não conseguimos verificar com clareza o que transitou como dívida a pagar para o ano de 2018.

Para Bernardino Araújo as dívidas de quem deve ao Estado não explicitas: “não conseguimos verificar dados relativamente, a dívidas e créditos de terceiros, concretamente as dívidas de quem deve ao Estado. Também não está claro.

Por isso, o Presidente do Tribunal de Contas acentua que a conta geral do Estado de 2017 não deve ser aprovada: “o parecer do Tribunal de Contas recomendou que este Tribunal não aprovasse a Conta Conta Geral do Estado de 2017.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.