Acesso ao principal conteúdo
São Tomé e Princípe

STP: "Desenvolvimento do sistema nacional da saúde é imperativo"

Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho
Presidente são-tomense, Evaristo Carvalho © Lusa
Texto por: RFI
3 min

O presidente são-tomense Evaristo Carvalho, na sua mensagem de Ano Novo, desta quinta-feira admitiu a fragilidade do sistema de saúde do arquipélago, sem deixar de fazer referência à aproximação de novos embates eleitorais. 

Publicidade

Para Evaristo Carvalho a pandemia da Covid-19 foi “o acontecimento mais crítico na história de São Tomé e Príncipe, desde de 12 de Julho de 1975”. Na mensagem de Ano Novo, o presidente são-tomense reconheceu um “ano duro” que mostrou a fragilidades das infra-estruturas de saúde e sanitárias do país.

Se as diferentes medidas de prevenção contra a Covid-19, incluindo a vacina, são importantes, o desenvolvimento do sistema nacional da Saúde é imperativo. Contamos com a colaboração dos parceiros de desenvolvimento para a efectivação desse desiderato”.

O chefe de Estado lembrou, ainda, que 2021 será ano de eleições: “saibamos ser bons adversários políticos e não inimigos uns dos outros”. 

Sobre as lições a tirar de 2020, Evaristo Carvalho sublinhou tratar-se de “um ano de ensinamentos porque o impacto da pandemia na economia mostrou-nos que devemos apostar fortemente na diversificação de fontes de receitas e na conversão progressiva da economia informal numa economia moderna e organizada”. E ressalvou que “2021 não será um ano de descanso”. 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.