São Tomé e Príncipe

Governo quer aprimoramento no combate à COVID em S.Tomé e Príncipe

Governo quer aprimoramento no combate a COVID em S.Tomé e Príncipe
Governo quer aprimoramento no combate a COVID em S.Tomé e Príncipe Facebook MLSTP PSD
Texto por: Maximino Carlos
4 min

O governo  pretende  um melhor  aprimoramento  no  combate  à COVID  em  São  Tomé  e  Príncipe. Na  visita  esta segunda feira  ao hospital  de  campanha  e  ao  principal  hospital  do  país, Dr. Aires  Menezes, o  Primeiro-ministro  santomense, Jorge  Bom  Jesus, constatou melhorias, mas  reconhece  que  é  preciso  fazer mais  na  prevenção  e combate à doença. 

Publicidade

Na  visita ao hospital  de  campanha e área de  saúde  dos sintomáticos do hospital, Dr. Aires Menezes, o  principal  do  país, o  Primeiro-ministro, reconheceu  o  esforço dos profissionais de saúde e ressaltou que é  preciso melhorar  ainda mais a prevenção  e o  combate a  COVID  19.

"Volvidos esses  meses  todos temos  a  obrigação  de  ter apreendido um pouco mais  para termos o  controlo  da situação para haver mais  conhecimentos".

O  Chefe  do  executivo  santomense referiu  que é  preciso que se transmitam  informações verdadeiras, aludindo alguma manipulação da  actual  realidade sanitária do país no combate  à COVID 19.

" Diziam  horas  antes da minha  visita ao  hospital  de campanha que as casas  de banho  não tinham  portas, janelas e  pedi  à  comunicação  social e aos serviços de comunicação da primatura para ajudarem  a  transmitir a informação com verdade".

Jorge Bom Jesus, não  deixou  de  reconhecer os esforços dos profissionais de saúde.

O país aguarda a recepção de vacinas contra  a  COVID 19 e neste  momento tem  26 óbitos e 1655 casos  positivos.

Maximino Carlos, correspondente, em São Tomé.  

Correspondência de São Tomé, 23/2/2021

 

 

 

 

 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI