África

Mais duma dezena de pré candidatos às eleições presidenciais em S. Tomé e Príncipe

Mais duma dezena de pré candidatos às eleições presidenciais em S. Tomé e Príncipe
Mais duma dezena de pré candidatos às eleições presidenciais em S. Tomé e Príncipe RFI / Liliana Henriques

Em São Tomé e Principe a medida que se aproxima o prazo para apresentação de candidaturas no Tribunal Constitucional o número de pré-candidatos não pára de aumentar. As apetências são demasiadas, porque a lei fixa que todos os cidadãos com mais de 35 anos de idade e que preencham os requisitos podem candidatar ao cargo de Presidente da República. 

Publicidade

A fila é enorme. São mais de uma dezena de pré candidatos. Pela primeira vez na história de eleições presidenciais em São Tomé e Príncipe há ume número recorde de candidatos.

As causas são inúmeras, mas pesam mais as de natureza da afirmação da cidadania e financeira.

Esta última chega a ser pouca compreensiva, porque num período pandémico da COVID 19 os recursos financeiros são escassos, mas a maioria dos concorrentes está a espreita de apoios financeiros.

Delfim Neves, Presidente do parlamento santomense, é concorrente pela terceira vez e afirma que a sua candidatura não belisca com o seu actual.

Para além de Delfim Neves há outros nomes como a ex-Primeira ministra, Maria das Neves, ex-ministra dos negócios estrangeiros, Elsa Pinto, ex-ministro das infra-estruturas, Carlos Vila Nova e ex-lideres do MLSTP-PSD Jorge Amado e Aurélio Martins.

Maximino Carlos, nosso correspondente, em São Tomé.

Correspondência de São Tomé e Príncipe, 13/4/2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI