São Tomé e Príncipe

São Tomé e Príncipe: Laboratório sem condições para aumentar volume de testes da Covid-19

Laboratório em São Tomé e Príncipe sem condições para aumentar volume de testes da Covid-19.
Laboratório em São Tomé e Príncipe sem condições para aumentar volume de testes da Covid-19. AFP/Archivos

O laboratório de referência de São Tomé e Príncipe não está em condições de satisfazer o volume de testes da Covid-19 solicitados devido à sua incapacidade técnica e à falta de recursos humanos. As transportadoras aéreas que fazem os voos para São Tomé e Príncipe, como a TAP, querem aumentar a frequência de ligações aéreas, mas o laboratório afirma que não tem condições para realizar o volume de testes dos passageiros. 

Publicidade

O laboratório de referência do país, que atende ao mesmo tempo casos de outras patologias, como Sida e tuberculose, não está em condições de dar resposta às diversas solicitações face ao aumento de testes da Covid-19, segundo Rosa Neto, a responsável do referido laboratório.

O laboratório quando foi construído, não foi pensado em actividades que temos neste momento que é uma pandemia. Agora já temos alguns equipamentos com alguma sobrecarga no laboratório. Temos tido problemas de electricidade, nós temos uma base de dados que cada vez que falha a electricidade, já não conseguimos dar resposta. Nós temos de ter mais técnicos, os técnicos que estão a trabalhar até agora são os mesmos que começaram desde o início da pandemia, já estão cansados”, admitiu Rosa Neto.

A proposta de aumento de fluxo de voos das transportadoras aéreas que operam no país não tem solução em termos de testes da Covid-19 devido à incapacidade do referido laboratório, acrescenta ainda Rosa Neto.

Com o número de voos que temos, com o número de passageiros e de pacientes que temos, temos dificuldades. Seria imprudente da nossa parte”, assegurou Rosa Neto.

O laboratório, segundo Rosa Neto, precisa de reforço de meios técnicos e de recursos humanos.

Recentemente o Governo admitiu colocar em funcionamento um novo laboratório com ajuda dos parceiros internacionais para mitigar este problema.

Ouça a correspondência de Maximino Carlos, correspondente da RFI em São Tomé. 

Correspondência de São Tomé e Príncipe 11-05-2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI