Acesso ao principal conteúdo
SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

Debate sobre estado da nação são-tomense

Primeiro-ministro são-tomense Patrice Trovoada
Primeiro-ministro são-tomense Patrice Trovoada RFI/Miguel Martins
Texto por: RFI
4 min

O ano 2015 foi um ano difícil para São Tomé e Príncipe. Esta foi a apreciação feita ontem, no parlamento, pelo Primeiro-ministro aquando do debate sobre o Estado da Nação.  

Publicidade

Segundo Patrice Trovoada, devido a estagnação económica dos parceiros internacionais, o país que é fortemente dependente da ajuda externa, não conseguiu alavancar a economia nacional.

Patrice Trovoada considera que São Tomé e Príncipe, perdeu tempo de mais devido as instabilidades políticas, e destaca o desempenho do seu governo na construção de bases do desenvolvimento do país.

Os partidos da oposição consideram que São Tomé e Principe está estagnado economicamente e mergulhado na pobreza.

Para Aurélio Martins líder do MLSTP-PSD maior partido da oposição é preciso encontrar mecanismos para que o país saia da pobreza.

Abenilde de Oliveira, deputado da ADI partido que sustenta politicamente o governo, apresenta os argumentos que mostram o bom caminho do país.

Confira aqui a reportagem audio de Maximino Carlos, correspondente em São Tomé.

Correspondência de Maximino Carlos

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.