S. Tomé e Príncipe

Ao Cair da Noite, romance do santomense Albertino Bragança

Capa do livro "Ao cair da noite"
Capa do livro "Ao cair da noite" UCCLA

Ao Cair da Noite, é o mais recente romance, do escritor santomense, Albertino Bragança, romancista, contista e político de S. Tomé e Príncipe, onde exerceu vários cargos a nível partidário e ministerial. O romance Ao Cair da Noite, é uma trama passional, envolvendo o marido e a mulher, que quer matar, por infedilidade, mas acaba por recuar não cometendo o crime.

Publicidade

Albertino Bragança, um dos políticos históricos de S.Tomé e Príncipe, que é também, romancista e contista, apresentou, o seu mais recente romance, Ao Cair da Noite, sob a chancela Edições Colibri, esta sexta-feira, 28 de julho, no Auditório da UCCLA, União das Cidades e Capitais de Língua portuguesa, em Lisboa, Portugal.

Ao Cair da Noite é um romance que narra a história de um marido que convida a mulher para jantar fora, o que na realidade não passava de um ardil, levando a esposa para um lugarejo, com intenções de a matar, por infedilidade.

"Foi ao cair da noite, que criei um litígio entre um casal em que o marido convida a esposa para jantar fora, mas afinal era para ir para um lugar ermo para a matar, mas não a chegou a matar", afirma o romancista santomense, Albertino Bragança.

Em entrevista à RFI, o romancista santomense, Albertino Bragança, sublinha que a mulher é a personagem central do romance Ao Cair da Noite, uma trama sobre "o crime passional".

"Sabe que a questão do crime passional tem tido uma grande propagação e é um acto transversal que ocorre em quase todos os países do mundo, sobretudo, agora em que as mulheres têm feito conquistas assinaláveis em matéria dos direitos humanos", sublinha o autor do romance Ao Cair da Noite.

Albertino Bragança, sobre o seu romance Ao Cair da Noite

Extracto de uma entrevista com o romancista santomense, Albertino Bragança, que passaremos na íntegra, num próximo Magazine Artes, aqui na RFI.

Albertino Bragança, que apresentou esta sexta-feira o seu último romance, Ao Cair da Noite, é igualmente, autor dos romances, Um Clarão Sobre a Baía, de 2005 e Aurélia de Vento, de 2011.

O escritor santomense, é igualmente, novelista, com Rosa do Riboque e outros Contos, de 1985 e contista, com Preconceito e outros Contos, de 2014.

O romance Ao Cair da Noite, agora apresentado em Lisboa, será, igualmente, apresentado ao público santomense, proximamente, em S. Tomé e Príncipe.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI