São Tomé e Principe

Aurélio Martins não será candidato a chefe de governo

O presidente do MLSTP-PSD, Aurélio Martins, anunciou, no sábado que não será candidato a chefe de Governo mesmo que o seu partido ganhe as eleições legislativas de 2018.

Publicidade

Sob o lema “ Unir e Renovar para Ganhar Futuro” a Conferência Nacional do MLSTP-PSD contou com os discursos do líder fundador do partido, Manuel Pinto da Costa e do actual presidente da formação, Aurélio Martins.

Manuel Pinto da Costa aproveitou a ocasião para pedir uma “liderança eficaz” e não uma "liderança que sustente clientelas".

O antigo chefe de Estado disse que o partido tem de estar "preparado para servir" ressalvando que "o futuro se ganha com uma liderança que inspire confiança".

O presidente do MLSTP-PSD optou por um discurso conciliador “ estamos aqui para colocar de lado as nossas diferenças” ao defender “um diálogo construtivo na busca de consensos”.

O presidente do MLSTP-PSD, Aurélio Martins, anunciou ainda que não será candidato a chefe de Governo, mesmo que o seu partido ganhe as eleições legislativas de 2018.

A reunião da principal força de oposição decorreu num contexto de crise interna com o surgimento de duas alas. Uma composta pela atual direção, eleita em congresso em novembro de 2015 e outra, a chamada ala revitalizadora, composta pelos antigos primeiros-ministros, Guilherme Pósser da Costa e Joaquim Rafael Branco.

Este domingo o MLSTP-PSD realizou um comício de encerramento da conferência na cidade de Angolares, capital do Distrito de Caué, situada a 45 quilómetros a sul da capital.

Correspondência de Maximino Carlos

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI