Acesso ao principal conteúdo
SÃO TOMÉ E PRINCIPE

Caso Rosema volta aos tribunais são-tomenses

A cervejeira Rosema continua no centro de uma forte controvérsia.
A cervejeira Rosema continua no centro de uma forte controvérsia. Téla Non
Texto por: RFI
1 min

O empresário angolano, Melo Xavier e os seus acompanhantesdirigiram-se esta quarta feira a cervejeira, Rosema, em Neves a 27quilómetros da cidade de SãoTomé, tendo entrado no seu interiordepois de um longo impasse perante um forte cordão de segurançapolicial para manter a ordem pública.

Publicidade

Melo Xavier ainda não tem o controlo da fábrica, enquanto decorre
um recurso no Tribunal constitucional interposto pelos irmãos
Monteiros na sequencia da decisão do Supremo Tribunal de Justiça
que decidiu pela restituição fábrica ao Melo Xavier.

A advogada , Celisa Deus Lima dos irmãos Monteiro que se assumem
como proprietários da cervejeira perante os documentos exibidos a
imprensa, disse que este caso é vergonhoso e fere os princípios da
constituição da república.

Por seu turno o advogado de Melo Xavier, Guilherme Posser
reivindica a propriedade da cervejeira do seu constituinte.

Entretanto sob proposta de cinco deputados nomeadamente Jorge
Amado, Vasco Guiva e Aurélio Martins do MLSTP-PSD, Levy Nazaré e
Idalécio do ADI foi deposita na mesa da assembleia uma proposta
de resolução para exoneração dos três juízes conselheiros do Supremo Tribunal de Justiça, Silva Gomes Cravid, Alice Vera Cruz e Frederico da Glória.

Confira aqui a correspondência de Maximino Carlos, em São Tomé e Príncipe.

Correspondência de São Tomé e Príncipe

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.